Páginas

23 de abril de 2017

...Moledo...

Com as costas deste fato fiz uma nova mochila, penso eu que será à prova de água, ideal para levar a toalha de praia e, no regresso a casa,  o fato de banho molhado.






22 de abril de 2017

...de passeio pela Foz...


Tinha cá em casa tecidos japoneses que comprei na Retrosaria a última vez que fui a Lisboa.
Decidi fazer um saco para mim utilizando  a técnica de patchwork mais simples: quadrados unidos uns aos outros, pois os tecidos são o foco da atenção.Tive apenas preocupação com a execução de forma a que os vértices de união entre os quadrados ficasse o mais perfeita possível. No final pespontei-os com  linha de algodão  n.º 20 para croché.
Hoje fomos turistas  na nossa cidade.

17 de abril de 2017

...três mantas/três gerações...

Dois  anos e meio depois de iniciado este projeto, dou-o por terminado.Todas elas foram feitas a partir de quadrados que divididos em triângulos permitem fazer diversos padrões, as três são acolchoadas à mão e revistadas a malha polar.
A primeira manta foi para a minha mãe,  a segunda para a minha irmã. A terceira será da minha sobrinha: Um metro e trinta e dois por um metro e oitenta e três, setecentos e quatro triângulos, muitos pontos e nós dados com todo o carinho.

16 de abril de 2017

...o bom tempo ...



De vez em quando desafio-me a mim mesma, pois sei que dessa forma haverá obra feita visto que não aceito não chegar ao fim!
Ainda que só agora a tenha fotografada, terminei-a no mês passado. Muita improvisação ao sabor da vontade e do (pouco) domínio que tenho de técnicas de croché. O objetivo era divertir-me e ir por caminhos ainda não percorridos. E assim fiz.
Em retrospetiva, digo que o mais difícil foi mesmo a sessão fotográfica: em casa falta de espaço ou o flash que disparava, na rua excesso de sol.




2 de abril de 2017

...Barreiro - Mondim de Basto - Vila Real...








No Parque Natural do Alvão, bem no cimo da serra,  existe uma pequena aldeia onde é possível  ouvir o silêncio por entre as paredes de granito e a imensidão do verde circundante.
Pelas  ruas da aldeia desfilavam as galinhas sinais de que ainda há residentes diários.