Páginas

22 de junho de 2017

...linho para dias de festa...


...ou talvez não... pois todos  podem ser dia de festa se aquilo que usarmos nos fizer sentir bem.




21 de junho de 2017

19 de junho de 2017

...café com pão...

Taleigos irmãos destes.

10 de junho de 2017

...pão nosso de todos os dias...



Recentemente, numa palestra de "Plasticologia marinha"descobri que os sacos de plástico são indestrutíveis, pois não há bactérias e fungos que consigam decompor este material. Daí que os sacos em pano sejam a melhor alternativa.
Estes taleigos foram feitos para ir à padaria e para guardar o pão, uma prática que tinha caído em desuso e que agora, felizmente, voltou ao nosso quotidiano. 
Legislar compensa!

3 de junho de 2017

...em cima da mesa...

A propósito deste avesso, os catos que coloquei na água no dia 17 de dezembro passado, continuam em cima da mesa. 

2 de junho de 2017

...do avesso...



Pouco ou nada sei de plantas, daí ficar tão surpreendida quando faço estas pequenas descobertas, tanto mais que me limito a regar, retirar folhas velhas e de vez em quando mudar a terra (ou a água!).
As orquídeas, diz a regra, não podem ser regadas em excesso, as minhas têm sempre água no fundo do vaso; os catos gostam de terra seca, tenho alguns dentro de água.